29 junho 2009

O Arraial Pride 2009 só por imagens



















publicidade

CISTERNA da Gotinha




Alfabeto PinUps de Malika Favre pelo estúdio Airside para a revista Wallpaper.

Vodka de Leite - alguém é servido?


FuckKnows - uma Sexo-Enciclopédia.


Tart Cards



Os chamados "tart cards" (cartões de prostitutas), podem ser encontrados em Londres facilmente nas cabines de telefones, as mesmas onde todos gostamos de tirar fotografias! Já alguém reparou neles?
Apesar da polícia tentar controlar a situação, parece que a publicidade está para durar, e mesmo com a Internet e telemóveis, os "tart card" não saíram de moda e são objecto de desejo dos coleccionadores que procuram os mais originais e atrevidos.
A Wallpaper, em conjunto com a St. Bride Library e a Type, convocaram designers, estudantes como também as estrelas profissionais, para criarem novos cartões baseadas na concepção "tart cards", contudo, sem favorecer a prostituição, muito pelo contrário.
Outra ideia desse projecto, além de procurar novos talentos, foi destacar para a realidade das milhares de mulheres traficadas por tudo o mundo para alimentarem a indústria do sexo. Uma das potencialidades da arte, além de estimular a criatividade é, exactamente, consciencializar, ilustrar e fomentar o debate sobre as mais diversas temáticas.
Todos os 450 cartões desenvolvidos por esses designers a convite da Wallpaper estão no site da revista.
E de 22 a 29 de Junho vai ter início uma exposição física dos Tart Cards no KK Outlet.
Texto com base no original publicado aqui.

David Rita - "Os tomates do Padre Inácio"

Uma descoberta da Maria Árvore no seu novo jardim.

28 junho 2009

Visão [a Maria Árvore de regresso]








Ai amiga que as coisas vão de vento em popa e ainda nem tinha dado tempo de te dar as novidades que gasto muito tempo com ele. Nem só por isso que esse teu sorriso malandreco aí espetado na cara adivinha mas porque conversamos muito sem o constrangimento de quem se conhece há pouco e não sabe o que há-de dizer, nem com os silêncios de quem se conhece há tanto que embalamos na preguiça de nada de novo haver para falar.

O melhor da festa é que ele nem vê jogos de futebol e assim sendo nem actualiza o humor de acordo com os resultados da jornada e se bem que se dedica aos emails com longas piadas picantes não é menino para se perder pelas imagens de gajas nuas e mepegues de truca-truca. Até já fixou que a minha cor favorita é o roxo e preparou-me o copinho de leite gelado do pequeno-almoço. E no resto é tudo muito táctil como se cada poro fosse importante para a leitura do desejo e eu um cd que ele guarda todo na memória antes de reproduzir. Aliás, costumamos circular atrelados pela casa e quando os meus faróis ou a sua sineta dão sinal fazemos uma paragem para descarga dos soldadinhos.

Acredita que quando ouço o som de dobrar da sua bengala à saída do elevador antes de meter a chave à porta sinto por mim acima aquele formigueiro do desejo preste a saciar-se mas ao mesmo tempo tão confortável por ser o efeito secundário de alguém que me vê como eu sou.

crica para visitares a página John & John de d!o

Matt and Kim - "Lessons Learned"

Lembras-te das 3 meninas desempoeiradas pelas ruas de Paris?
Pois em New York há quem faça o mesmo...

27 junho 2009

Pornografia e Caridade?



Uma empresa japonesa de pornografia "hardcore", Natural High, está a fazer uma campanha a favor de crianças africanas órfãs.
Para isso, foi produzido um DVD em que enviaram uma actriz porno para fazer um “documentário antropológico” com muito sexo com os nativos das tribos.
Na série “The Naked Continent”, as actrizes japonesas já filmaram com habitantes da África e Nova Guiné.
A empresa doou 10.800 dólares a um grupo de ajuda no Quénia e vai reverter 10 dólares de cada DVD vendido à assistência no país.
Quem disse que a pornografia não podia ser (ainda mais) útil?
________________________
Nota da ediSão - como isto é serviço púbico, aqui têm um excerto de um desses videos. De nada!

Corpos e copos

Imagem: Erwin Olaf

O primeiro a chegar entra no óvulo!

A Vânia Beliz mostrou-nos há dias um livro para crianças sobre sexualidade.
Livro puxa livro e encontrei mais este: «Para onde foi o Zezinho?»
É a história do espermatozóide Zezinho que vive dentro do senhor Nuno com 300 milhões de companheiros. O que estiver em melhor forma irá ganhar a Grande Competição de Natação.


26 junho 2009

O que se diz por aí do DiciOrdinário

"O que poderá resultar do Raim's Blog, da Gotinha e da Funda São, um excelente cartonista, uma blogger desconcertante e a irreverência sem limites? Um livro a ler."
Jumento

"Que o DiciOrdinário esteja contigo!"
Maria Árvore - Chez Maria 0.4

"Ainda vou para a letra 'C' e já me fartei de rir!"
Paula Raposo

"Tentador? Um mimo!"
Vânia Beliz

"Ainda só deu para folhear ao almoço, mas já nos mijámos a rir"
Chico Padeiro

"Sãozinha, está um espectáculo! Parabéns aos autores. Se bem que tenho de te informar que quem inventou o conceito de «Mamória» fui eu em 1994 num cartoon que devo ter algures por aí e que publiquei no jornal do curso. Ai, ai, ai! Mas vá, fora isso, está um espectáculo!"
Katano que diz também: "obra obrigatória, que fica bem em qualquer estante, utiliza uma linguagem simples intercalada com ilustrações de alta categoria e, diga-se de passagem, bastante explícitas."

Visita a página do «DiciOrdinário»"Carais! Já chegou!
O estafeta, espantado: «- Olha, que engraçado... fizeram mal este carimbo, já viu?».
«- O quê?», perguntei eu sem perceber o que ele queria...
«- Nada, nada... é que esta Fundação, assim, fica esquisita...»
Coisas do caralho, dir-se-ia...
Abraço, com agradecimentos."

Jorge Castro que também escreveu isto: "Sem tabus, nem preconceitos, com as teias de aranha varridinhas para debaixo do tapete da sala e com os cortinados da mesma imaculados."

O DiciOrdinário noutros blogs: A bela EPAM, Bloguilibri, Cu-Cu, Blogotinha, Raim's blog, Beleza.pt, Um sonho chamado Matilde, krommus-briosa, Tuna Meliches, O poder do silêncio, etc.

No Twitter - Rui Simões e Jorge Prendas (Vozes da Rádio)

E tu, ainda não tens?

Programa do Arraial Pride


11º Encontra-a-Funda

Informa a Condessa X:

"Horário do Arraial
Restauração e programação - a partir das 15H00
Expo arraial – a partir das 12H00
Queer Games – 18h00 às 19h30
Arraialito - das 16h às 19h

Tenda Lounge [A partir das 16H00 até 20H00]
Rainha Malvada (DiscóRace Masmorra)
LorenzFactor
Natasha Semmynova
Bruna Meneghel
Helena Martins
Kassandra

18H30 – Queer Games

Palco Principal [A partir das 20H00]
Plastic Poney
BadLovers & Hysteria Iberika
Deborah Kristall & Companhia
Les Baton Rouge
La Terremoto de Alcorcon
Dj: Miss T ; Hush Hush
Vj: Phaustino
Dj:Rui Murka

Mais informações
aqui."
Até amanhã, L., G., B. e T.
Publicidade

Teste sua Ingenuidade…

A internet, para fervorosos religiosos não passa de um antro de perdição.
7 de cada 10 sites contém imagem inapropriada, ou insinuante.
Será verdade ou será tudo isso apenas nossa imaginação?





Capinaremos.com

"O Olho da Cérvix" - anúncio para salas de cinema da BC Cancer Agency


Find more videos like this on AdGabber

24 junho 2009

I Festival Erótico Medieval. Vamos à Festa?


O I Festival Erótico Medieval irá decorrer de 9 a 12 de Julho, em Carvalhos (melhor nome não podia ser) em Vila Nova de Gaia. Esta é uma iniciativa do The Lingerie Restaurant, um dos restaurantes eróticos em Portugal.
O Festival Erótico Medieval é a ocasião excelente para participar num evento que expressa a liberdade através da sexualidade com um ambiente Medieval, tendo como objectivo a satisfação dos visitantes.
O evento, que se dirige somente a homens e mulheres com mais de 18 anos, estará dividido em quatro áreas distintas: a Área de Espectáculos, com três palcos onde se poderá assistir a shows de striptease, lésbicos e de transformismo; o Picadeiro, onde decorrerão torneios a cavalo, luta na lama e luta de gladiadores; a Área Mercantil, que será animada pelo corrupio dos mercadores e pelo murmurinho dos artesãos a trabalhar ao vivo; e a Área Gastronómica, onde não faltarão o porco no espeto, o pão rústico, a sangria, os doces, as compotas e o mel.

Objectivos:
1. Promover e divulgar novos conceitos de erotismo aliados a época medieval;
2. Informar, divertir e sensibilizar os visitantes;
3. Apresentar, num só espaço, a fusão da arte erótica medieval e contemporânea;
4. Estimular e divulgar a arte erótica em todas as suas vertentes;
5. Fazer com que o Festival Erótico Medieval se torne num evento de referência único na Europa;
7. Ser um ponto de encontro para a indústria dos sectores Erótico e Medieval.

O I Festival Erótico Medieval será ainda alegrado pelos pregões dos almocreves e dos jograis, pela melodia dos trovadores, pela vivacidade dos saltimbancos, malabaristas e cuspidores de fogo e pelas inesperadas lutas de varapaus.

Com uma pitada de erotismo, este Festival Medieval decorrerá de quinta-feira a sábado, das 16:00 às 02:00, e no domingo encerrará às 22:00.
O preço dos bilhetes varia entre os 15€ (singles), os 20€ (casal) e os 30€ (passe de três dias).

Vamos, vamos, vamos...

A tatuagem do ano... digo, do ânus!


Onde estará o sétimo anão?!

Mais guerra dos sexos



Capinaremos.com

23 junho 2009

tic tac tic tac

Méquié? Encontram a funda ou não encontram a funda?

«L'Erotisme ou le Mensonge de Freud» de Philippe Laporte

Este livro aborda o erotismo na sua ligação com a imundície (o "drama da porcaria").
Philippe Laporte questiona a teoria de Freud de que o verdadeiro problema da sexualidade humana seria o complexo de Édipo. Para Laporte, a verdadeira culpada é a nossa vergonha em relação à imundície. Chichi + cocó = sexo?
Porque é que, mesmo nas sociedades baseadas nos cultos da fertilidade, só se deva fazer amor à noite ou em segredo?
Philippe Laporte sugere uma explicação: por volta dos 4 anos de idade, aprendemos que os dejectos do nosso organismo são nocivos, que não devemos brincar com eles e que é necessário controlar os nossos esfíncteres. Este tabu das imundícies corporais parece ser comum a todas as culturas. E o autor faz uma ligação entre a "porcaria" e o desejo, usando o seguinte raciocínio: em crianças, aprendemos que as nádegas estão ligadas aos excrementos; o sexo à urina e ao esmegma. Ora, como podemos amar-nos a nós próprios quando aprendemos, desde tão novos, a rejeitar o que sai do nosso corpo? Para Laporte, só há uma maneira de ultrapassar esse desgosto e de cada pessoa fazer a reconciliação consigo mesma: o erotismo. "O erotismo é um trabalho de revalorização que permite ao ser humano satisfazer uma das suas exigências principais, a de se amar inteiramente".
Claramente, é preciso triunfar sobre a vergonha para sermos felizes no amor. É preciso vencermos os nossos medos, revalorizar essa parte da nossa anatomia que nós associámos à ideia de "sujidade". "No momento em que os tabus são transgredidos", explica Philippe Laporte, "a estimulação da região genital-anal é subitamente invadida por um imenso prazer táctil". Vitória! Podemos ser, enfim, de novo nós mesmos. O que talvez explique a razão de a sexualidade se acompanhar tão frequentemente de amor.
_______________
Artigo completo e comentários no blog «Les 400 Culs» (em francês)

Passaralho

O Sudocu ofereceu-me este caralho alado (da família dos Penis Migratoris), com uma dedicatória: "Desse que te fode e sai voando...".
O Nelo é que não pode ver uma piça que fica logo enpertigàda:

"Queim mi dera eçe piçaralhu poisar nu nus méus rãmos...
E depois de neles achadus se achar em mim de novo voandu..."