Mensagens

Em primeiro plano

«conversa 1918» - bagaço amarelo

McDonalds é um exemplo de comida obscena

Encontro fatal

Antonio Zambujo - «Flagrante»

Sexo cru, sexo cozido

Brinquedos sexuais fazem a festa dos 50 anos da Orion (loja erótica da Alemanha)

«Flor contente» - postalinho

Homens, aprendam a lubrificar as vossas... bicicletas

«pensamentos catatónicos (281)» - bagaço amarelo

Licor medieval «Levanta o pau - forte»

Um sábado qualquer... - «Bastidores de um grande acontecimento 1»

Acta 14: "A assembleia foi suspensa por falta de ar."

O sexo literário é melhor que o sexo real?

Último sopro

Elas só pensam nisso

Lenore Kandel

«Bocapedro Oom» - Patife

Luís Gaspar lê «Pela noite» de Arseny Tarkovsky

«DeviantART CENSURE» - por Luis Quiles

Paleio de ganhador wannabe

«conversa 1937» - bagaço amarelo

Os mortos têm direitos? Como eles os reivindicam?

Por que as pessoas se casam

«morde os braços» - Susana Duarte

Eva portuguesa - «O quadro»

«Feliz Na tal» - Lourenço M.

Encontrei o burro que saiu do presépio!

Bar Rafaeli faz de Pai... digo, Mãe Natal

«maria» - bagaço amarelo

Alguém quis passar mensagens com as luzes de Natal em Brighton

Você já montou seu pinheirinho?

«Wanted Melody»

Hipocrisia brasileira critica anúncio da Duloren

Música no coração

Por debaixo dos panos...

Pornografia das flores... para promover cerveja russa

«conversa 1935» - bagaço amarelo

Bonequinhas com vestido que se destaca

Um sábado qualquer... - «Como eu nasci?»

O fim do mundo foi hoje (está aí alguém a ler isto?)

"Nas tuas mãos"

Universidade proíbe alunos do sexo masculino de se vestirem de ‘drag queen’

Regresso ao mar

"As 50 sombras de... Didot" (as primeiras letras eróticas do Webcedario)

Decameron - Os Enganos da Noite

«Amo-te» - Patife

Luís Gaspar lê «Os amantes com casa» de Joaquim Pessoa

«Monstruación» - por Luis Quiles

Bordas e bordados

«carro de gaja» - bagaço amarelo

O blog Obscenatório foi eliminado pelo Wordpress...

Terapia de casal

«Tempo desfolhado» - Susana Duarte

Eva portuguesa - «Tarde»

Querem lá ver...

O tarot mais recente da minha colecção