#nemalhosnemnada - Ruim

Como é que nasceu o supositório? Alguém tem uma teoria sobre isso ou vamos continuar a fingir que não é estranho ter de meter uma cena no cu para baixar a febre? Ninguém mete em causa a aplicação de um clister e a sua finalidade. Mas um supositório? Um gajo que vá à farmácia aviar-se de supositórios e desatinar com o farmacêutico por causa do preço, sujeita-se a ouvir "epá, meta mas é isso no cu" e só para lhe dar razão é isso que vai mesmo acontecer. Nem vamos falar das (abre aspas aéreas) febres (fecha aspas aéreas) que alguns parecem ter, pois à mínima tontura por não terem tomado um lanche a meio da manhã metem-se logo de quatro. Como dizia o RAP "nem alhos nem nada, nem isto, no cu". Lamento. Médico das urgências que diga que vai ter de meter-me algo no cu para me safar tem de chamar a minha mãe, pois é a única pessoa credenciada a enfiar-me cajus terapêuticos na peida.

Ruim
no facebook

Comentários