«Teletransporte» - por Rui Felício

Como quem partilha o sabor de um fruto
Como quem reparte o som da melodia
Como quem aspira o perfume duma flor
Como quem tacteia a pele aveludada
Como quem olha o corpo escultural
Ele queria naquele instante estar na lua
Nessa lua sensual onde ela habita

Dito isto, nesse mesmo instante, ele estava lá.
Teletransportada, a matéria chegou ao seu destino.
Mas de que vale a matéria sem o sentimento?

«The collector of butterflies (O coleccionador de borboletas)»
Óleo sobre tela, Cristi Toderascu, Roménia, 2002, 67x108 cm
Colecção de arte erótica «a funda São»

Rui Felício
Blog Encontro de Gerações
Blog Escrito e Lido

Comentários