24 maio 2017

Postalinho de Itália 6

"Fresco ilustrativo de um poema romântico, na parede de uma casa num pátio da parte histórica de Sperlonga.
Destaco os versos «che con donnesca argutia sempiterna, offri lo dolce frutto profumato» (que, com eterna argúcia feminina, oferece o fruto doce e perfumado), que o artista representou como sendo uma rosa..."
Paulo M.




Sem comentários:

Enviar um comentário

Uma por dia tira a azia