23 dezembro 2017

Cantora egípcia é condenada a dois anos de prisão por este videoclip

Um tribunal do Cairo condenou a cantora egípcia Shima Ahmed por "incitação à devassidão, libertinagem e alusões sexuais explícitas" no seu videoclip «Andi Zorof». O director, Mohamed Gamal, recebeu a mesma condenação. Ambos ainda terão que pagar uma multa de 10.000 libras egípcias. Ambos podem recorrer da sentença.
"Apreciem o vídeo e digam-me o que tem de criminoso", tinha eu preparado... mas, entretanto, foi removido. Deixo-vos este «resumo» de qualidade duvidosa, mas que já dá para ter uma ideia do que deu direito a uma pena de 2 anos de prisão. Isto, se entretanto não removerem também isto.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Uma por dia tira a azia