21 abril 2018

Postalinho do Parque Natural das Serras d'Aire e Candeeiros - 1

"A perda e ressurgência da ribeira dos Amiais, junto aos Olhos d'Água do Alviela, é um pequeno percurso (menos de 2 km) que permite ver a ribeira dos Amiais a ser engolida pelo maciço calcário, reaparecendo depois à superfície, passados 200 metros.
A gruta por onde a ribeira entra é uma vulva sedenta e sempre molhadinha, que sorve tudo o que lhe apareça pela frente."
Paulo M.


Sem comentários:

Publicar um comentário

Uma por dia tira a azia