28 fevereiro 2019

«Amo-te» - Áurea Justo (30/09/2018)

Hoje,
Eu só queria,
Trincar o teu lábio sedutor,
Massajar o teu corpo todo o dia,
Observar o brilho da tua pele e do teu vigor.

Acariciar-te os quadris,
Descendo pelas coxas musculosas,
Enredando-me no teu sexo, como quem diz,
Que te sonho em horas muito vagarosas.

Hoje,
As tuas emoções,
Atravessam os meus silêncios e eu,
Beijo-as em convulsões,
De prazer por sentir que és meu.

Beijei as palavras,
Ouvi como simplesmente me amas,
Sensações voluptuosas que são tão claras,
A alma e o coração que declamas!

In Folha De Papiro Perfumada

Áurea Justo
no Facebook


Sem comentários:

Publicar um comentário

Uma por dia tira a azia