08 setembro 2017

Eva portuguesa - «Quero saber»

Não me interessa o que fazes para ganhar a vida.
Quero saber o que desejas ardentemente, se ousas sonhar em realizar o que o teu coração pede.
Não me interessa saber a tua idade.
Quero saber se arriscarás tudo por amor, por sonhos, pela aventura de estar vivo.
Quero saber se conheces a tua dor, se as traições da vida te abriram o coração ou se te tornaste murcho e triste.
Quero saber se podes suportar a dor, minha ou tua, se podes dançar feito louco e deixar-te levar sem cautelas nem tabus.
Não me interessa se a história que me contas é a verdade. Quero saber se consegues desapontar outra pessoa para te manteres fiel a ti mesmo, se podes suportar a acusação de traição para não te traíres a ti mesmo.
Quero saber se podes ver beleza, mesmo que ela não seja tão bonita todos os dias.
Quero saber se consegues viver com o fracasso, o teu e o meu, e mesmo assim sentires-te um vencedor.
Não me interessa onde moras ou quanto dinheiro tens. Quero saber se podes levantar-te após uma noite de sofrimento e desespero, cansado e ferido, e fazer o que tem de ser feito pelos teus filhos.
Não me interessa saber quem és nem como me encontraste. Quero saber se ficarás comigo no meio de um incêndio e não te acobardarás.
Não me interessa saber onde, o quê ou com quem estudaste. Quero saber o que te sustenta a partir de dentro, quando tudo se desmorona.
Quero saber se consegues ficar sozinho contigo mesmo e se realmente gostas da tua companhia...


Eva
blog Eva portuguesa - porque o prazer não é pecado

Sem comentários:

Publicar um comentário

Uma por dia tira a azia