05 outubro 2017

Eva portuguesa - «Tu...»

Tu tiras-me do meu mundo e fazes-me viajar pelo sonho e o impossível. Tu apareces de surpresa e sem surpresas entras no meu mundo. Tu sorris e eu morro, renascendo ao mesmo tempo. Tu conheces-me, a mim, e reconheces-te em mim. Tu sabes o que penso antes mesmo de eu o pensar. Tu és a visão da vida que eu queria, mas não posso ter. Cada orgasmo que me dás faz-me sair um pouco mais de mim e viajar para um futuro paralelo. Perguntaste se tinha saudades tuas. Fugi tanto à pergunta como à resposta. Afinal, eu sou apenas o teu escape, a profissional,e tu o cliente...
Chegaste um dia a dizer-me para não me apaixonar por ti. Lembras-te? Não sei se como aviso, brincadeira ou presunção. Mais uma vez fingi não ouvir. Mas agora respondo. Que fácil seria, se eu assim o permitisse, deixar-me envolver nas teias do teu ser... mas fujo dessa inconsciência, como a mosca evita a teia da aranha. Tu... és tão tu...

Eva
blog Eva portuguesa - porque o prazer não é pecado

Sem comentários:

Publicar um comentário

Uma por dia tira a azia