14 julho 2018

«Xeque-mate» - por Rui Felício


Peças eróticas e tabuleiro de xadrez
exclusivo da colecção de arte erótica
«a funda São»



Correu pela álea deserta que atravessava em diagonal o imenso jardim.
Ela, de braços abertos, esperava-o lá ao fundo.
Na ânsia do desejo, abraçou-a e gritou:
Xeque-mate!

Antes de tombar, o Rei excomungou o Bispo por ter comido a Rainha...

Rui Felício
Blog Encontro de Gerações
Blog Escrito e Lido

Sem comentários:

Enviar um comentário

Uma por dia tira a azia