15 julho 2017

«quando vieres, traz contigo os dias brancos» - Susana Duarte

quando vieres, traz contigo as luzes da aurora
e os braços com que, outrora, enlaçaste o meu corpo.
não esperes. cerca-me com os olhos da demora

e abraça os azuis do peito e as manhãs
tristes. quando vieres, traz contigo os dias brancos
do teu corpo, e os troncos vivos que, das raízes

dos teus pés, se erguiam em demoradas carícias.
não demores. o tempo é fugaz como a juventude
que, em nós, habitava. toda a eternidade reside,
hoje, nos teus ombros se, neles, segurares os cabelos

que, de mim, voam na invenção das noites
e dos sonhos. os corvos voam no centro
das fibras negras que, nos teus dedos, enrolas

para, de seguida, beijar. não demores.

quando vieres, traz contigo o mundo de outrora,
e abraça-me. mais não quero, senão as danças
de Hátor quando Hórus descansa.


Susana Duarte
Blog Terra de Encanto
Facebook

Sem comentários:

Publicar um comentário

Uma por dia tira a azia