05 março 2019

«Arribas» - Susana Duarte

(...)

fosses próximo da lava,                                     e seriam de fogo,
as tuas palavras.    mas elas são do vento que ondula os oceanos,
e flui, invisível,     como invisíveis são as memórias, e, do vento,
são as palavras. as tuas.

no vento das palavras,          morrem arribas: encostas do ventre.

Excerto de Arribas


Susana Duarte
Blog Terra de Encanto
Facebook

Sem comentários:

Publicar um comentário

Uma por dia tira a azia