21 setembro 2019

«Trânsito» - Fernando Gomes

É quase todos os dias o mesmo. Entre o silvo aflito do despertador e a torrada, lá vai abrindo os olhos a custo. Depois, enquanto escova os dentes, pensa na hora e meia de viaturas estagnadas que terá de suportar até ao escritório, ao volante do seu potente Lamborghini descapotável. Desata a chorar. Vem-lhe à cabeça que foi dos olhares cúmplices trocados no trânsito caótico que se tornou no infeliz possuidor de cinco ex-mulheres.

Fernando Gomes

Sem comentários:

Publicar um comentário

Uma por dia tira a azia